As redes sociais já deixaram de ser apenas sites de compartilhamento de mensagens a muito tempo, hoje elas são uma das maiores e mais poderosas mídias de divulgação existentes. Estar presente de forma ativa e coerente nesse ambiente é uma necessidade cada vez maior para qualquer empresa.

Praticamente qualquer pessoa que tenha uma conexão com a internet hoje em dia (e esta conexão já deixou de ser apenas através de computadores) participa de alguma rede social. Embora apenas uma meia duzia seja “popular” para a maioria (Facebook, Twitter, Tumblr, etc) existem dezenas de redes sociais espalhadas pela internet. Assim como qualquer outro site, toda rede social tem um ciclo de vida: algumas conseguem durar anos sem serem esquecida, outras sequer chegam a se tornar sucesso.

Com base nesse interesse geral da população, as empresas começaram a usar das redes sociais para marcar presença e reforçar sua estratégia e marca. Uma tática inteligente, capaz de trazer uma infinidade de benefícios para a empresa, infelizmente ainda vemos uma série de problemas sérios em perfis empresariais.

É comum, muitas vezes para evitar os custos, empresários destinem a manutenção das redes sociais a profissionais que não são especializados, ou que façam eles mesmo esta manutenção. Com isso, a imagem da marca (quando falo marca me refiro ao contexto geral de uma organização, não a sua assinatura visual), muitas vezes lapidada durante anos perante o público, se desfaz pelo gerenciamento inadequado.

Por que investir?

Porque as redes sociais permitem um estreitamento de laços entre cliente e serviço. Através delas é possível humanizar a relação que os usuários tem com as empresas, além de que a exposição dos clientes as notícias da empresa é muito maior nas redes sociais.

Por mais que alguém goste muito da sua empresa, raramente essa pessoa vai pesquisar todo dia as atualizações dela. Investir em publicidade em mídias impressas e televisivas é uma alternativa  mas investir em redes sociais é outra forma, muito eficiente, de atingir seu público com as devidas informações.

No entanto, é importante que o empresário tenha em mente, que assim como qualquer investimento, sempre é preciso um “tempo de incubação”, ou seja, um período no qual não haverá muito retorno do que for investido nas redes sociais. Isso se deve ao período necessário para difundir a empresa no meio virtual e ao tempo que levamos para adaptar a empresa a esse meio.

Algumas empresas já nascem com a proposta de serem exclusivamente, ou majoritariamente virtuais, sendo assim é muito mais fácil inseri-las nesse contexto. Empresas mais antigas e mais tradicionais geralmente tendem a demandar de um período maior para adequarem seus princípios ao novo ambiente, mas qualquer organização pode, e deve, participar desse meio de comunicação.

Gere opiniões

A internet é um ambiente que permite aos usuário uma coisa que no cotidiano eles tem muito pouco: sigilo. É possível fazer o comentário que se quer em uma publicação, sem o menor respeito, coisa que muitas pessoas fazem usando mão do anonimato de um perfil falso. Por isso, quando adentramos esse ambiente é importante ter em mente que esse tipo de atitude vai acontecer, e saber que alimentar discussões desse tipo não leva a lugar nenhum.

No entanto, as redes sociais também permitem que os clientes tenham um ponto de contato muito mais rápido e pratico com as empresas. Fazer uma reclamação, elogio, sugestão, etc através de uma fanpage costuma ser muito mais fácil que através da central telefônica. Com isso a empresa pode estipular seus padrões de qualidade perante seu público, e acima de tudo, buscando soluções para os problemas apontados.

Hoje as mídias sociais são um das maiores (senão o maior) pontos de comunicação empresa/cliente. Estar de fora delas pode ser um ato de suicídio empresarial, mas a falta de planejamento adequado na hora de entrar para o meio pode acabar trazendo muito mais problemas do que soluções. Minha dica é: invista em pessoal especializado. A princípio pode parecer um dinheiros posto fora, mas a médio prazo os resultados virão e justificarão tudo aquilo que foi investido.

Gostou? Compartilhe!

Comentários fechados