Não é fácil ser produtivo diariamente no trabalho. Ainda mais quando não há muita motivação. Mas é possível você mesmo criar sua motivação e melhorar sua produtividade.

Motivação

É cientificamente comprovado que empregados motivados produzem muito mais e melhor. Mas como se manter motivado se seu chefe não o faz? E quando você é um freelancer que trabalha sozinho?

A falta de motivação pode se dar por duas causas: 1) você odeia seu trabalho. Não há um único dia que você não acorde pensando: “Droga, preciso ir trabalhar” e esse pensamento fica com você o dia todo. Os pontos negativos sempre superam os pontos positivos em relação ao seu trabalho. 2) você gosta do que faz, mas está temporariamente sem motivação para continuar. Isto pode se dar por vários motivos: vários trabalhos a serem feitos com prazo apertado, falta de inspiração para criar algo, problemas pessoais, etc.

No primeiro caso, não há muito o que fazer. Se você odeia o que faz, você nunca irá conseguir atingir seu potencial. Você pode tentar engolir aquele sentimento de ódio do trabalho e deixar tudo isto na porta do escritório, ou pode procurar um novo emprego. Eu sempre defendi que se você não está gostando do que faz, é por que está na hora de mudar.

Já no segundo, saiba que essa desmotivação é temporária. O mundo gira, e esse sentimento vai passar. Como falei, você pode estar assim por vários motivos. Se for problemas pessoais, procure resolvê-los antes de vir trabalhar. Caso não dê, tente deixá-los do lado de fora do escritório. O problema não vai embora assim, mas você poderá lidar com ele mais tarde. Já se for problemas no próprio trabalho que o desmotivam, aí precisamos de mais ação.

Lembre-se pelo que você está lutando

Qual é seu objetivo lá dentro? É fazer a empresa crescer? É fazer com que você cresça dentro da empresa? É juntar dinheiro para abrir seu próprio negócio? Foque sua energia nisto. Eu criei um papel de parede pra mim lembrando-me dos meus objetivos. Sempre que fico desmotivado, olho pra ele e relembro o que eu realmente quero. Anote seu objetivo em um post-it e cole do lado da tela do computador.

Defina tarefas simples a si mesmo.

Você tem um site enorme para entregar para daqui a 4 dias? Escreva em um papel todas as atividades que precisam ser feitas. Não escreva apenas “terminar site”. Tome passos menores; procure escrever “desenvolver wireframe” em uma linha, “receber aprovação” em outra e depois “fazer layout no Photoshop”. Ao terminar cada tarefa, risque-a de sua lista. Isto ajuda horrores, pois mais tarde você vai olhar para a folha e ver o quanto já fez – assim, você se motiva a continuar trabalhando para eliminar todas as tarefas.

Se dê uma recompensa de vez em quando

Você finalmente terminou aquele site, mas ainda há muitos outros trabalhos a serem feitos. Não perca a motivação indo direto para o próximo trabalho. Você merece uma recompensa, mesmo se seu chefe não achar isto. Como freelancer, eu sempre me dei como recompensa meia-hora de vídeogame. Quando trabalhava, sempre levava algum tipo de chocolate para o trabalho; ao terminar aquele job específico, eu comia o chocolate. Defina sua recompensa com antecedência e coloque num post-it ao lado do monitor também. Faça você querer muito aquela recompensa. Você vai ver a efetividade do seu trabalho ao querer muito algo em troca da finalização dele.

Faça algumas loucuras de vez em quando

Não digo “usar drogas” ou “roubar um carro” – loucuras saudáveis, do tipo “dançar de manhã cedo logo após acordar” ou “viajar para o interior no próximo final de semana”. Saia com os amigos, vá a um bar beber algo com eles. Ligue para aquela pessoa especial que você não fala a tempo. Qualquer coisa que lhe faça feliz já está valendo.

Lembre-se que a vida é muito curta. Se você não se divertir um pouco agora, quem sabe você nunca irá. Faça bom proveito das suas horas de trabalho e logo logo você alcança seus objetivos.

E você, leitor, o que faz para ficar motivado no dia-a-dia? Você tem alguma dica legal? Compartilhe!

Inspiração: Lifehack (1), (2)

Gostou? Compartilhe!

Comentários fechados