Em design só se fala sobre tipografia e tipologia. Afinal, o que é isso? Qual a importância da tipografia na vida do designer gráfico? No que consiste a tipografia? Está na hora de responder suas perguntas.

Atenção! Você está lendo um artigo antigo! Acesse este link para visualizar o artigo novo e mais completo!

O que é tipografia?

O que significa?

Tipografia é a impressão dos tipos. Está morrendo com o computador. Tipologia é o estudo da formação dos tipos. Cresce a cada dia. Mas no final, a nomenclatura usada é tipografia. Como fonte (família do tipo) é atualmente chamada de tipo.

O termo tipo é o desenho de uma determinada família de letras como por exemplo: verdana, futura, arial, etc. As variações dessas letras (ligth, itálico e negrito, por exemplo) de uma determinada família são as fontes desenhadas para a elaboração de um conjunto completo de caracteres que consta do alfabeto em caixa alta e caixa baixa, números, símbolos e pontuação.

Os tipos constituem a principal ferramenta de comunicação. As faces alternativas de tipos permitem que você dê expressão ao documento, para transmitir instantaneamente, e não-verbalmente, atmosfera e imagem

No uso da tipografia o interesse visual é realizado através da escolha adequada de fontes tipográficas, composição (ou layout) de texto, a sensibilidade para o tom do texto e a relação entre texto e os elementos gráficos na página. Todos esses fatores são combinados para que o layout final tenha uma “atmosfera” ou “ressonância” apropriada ao conteúdo abordado. No caso da mídia impressa, designers gráficos costumam se preocupar com a escolha do papel adequado, da tinta e dos métodos de impressão.

O conhecimento da tipografia é essencial aos designersO conhecimento adequado do uso da tipografia é essencial aos designers que trabalham com diagramação, ou seja, na relação de texto e imagem. Logo a tipografia é um dos pilares do design gráfico e uma matéria necessária aos cursos de design. Para o designer que se especializa nessa área, a tipografia costuma se revelar um dos aspectos mais complexos e sofisticados do design gráfico.

Classificação das fontes

Na tipografia, as fontes tipográficas (ou apenas fontes) são classificadas em 4 grupos básicos: as com serifas, as sem serifas, as cursivas e as fontes dingbats.

Tipos de fontes tipográficas

Elementos das fontes

Toda e qualquer fonte tipográfica é composto por elementos distintos, tais como:

  • Linha de Base (baseline)
  • Linha Central (meanline ou midline)
  • Ascendente (ascender)
  • Descendente (descender)
  • Letra Caixa Alta (upper-case)
  • Letra Caixa-baixa (lower-case)
  • Altura de x (x-height)
  • Cabeça ou Ápice (apex)
  • Serifa (serif)
  • Barriga ou Pança (bowl)
  • Haste ou Fuste (stem)
  • Montante ou Trave (diagonal stroke)
  • Base ou Pé (foot)
  • Barra (bar)
  • Bojo (counter)
  • Etc

Características da tipografia

O arranjo de tipos é a seleção de fonte, altura da letra (point size), largura da linha, espaçamento entre-linha (leading) e espaçamento entre-letras (kerning). Isto tudo visa melhorar a legibilidade do texto a ser escrito, facilitando o entendimento dele além de providenciar um conforto aos olhos de quem lê.

Não confunda leiturabilidade com legibilidade: Leiturabilidade é relacionada a língua em que o texto é escrito ou entendido – diz respeito a dificuldade da língua em si, e não sua aparência. A ergonomia é uma das disciplinas que estuda o efeito da tipografia nos seres humanos, examinando o conforto visual, o entendimento da mensagem, entre outras coisas.

Alinhamento

Há cinco maneiras básicas de organizar as linhas de composição em uma página:
1) Justificada: todas as linhas têm o mesmo comprimento e são alinhadas tanto a esquerda quanto a direita.
2) Não-justificada á direita: as linhas têm diferentes comprimentos e são todas alinhadas á esquerda e irregulares a direita.
3) Não-justificada á esquerda: as linhas têm diferentes comprimentos e são alinhadas á direita e irregulares a esquerda.
4) Centralizada: as linhas têm tamanho desigual, com ambos os lados irregulares.
5) Assimétrica: um arranjo sem padrão previsível na colocação das linhas.

Alinhamento de parágrafos

Dicas importantes

Alinhamento: Evite alinhamento centralizado em textos longos. O excesso de espaço branco nas laterais tende a fazer a pessoa se perder. Opte por textos alinhados a esquerda, sem justificativa (caso as palavras fiquem com espaçamento grande d   e   m   a   i   s   entre elas)

Contraste: Nunca utilize tipo claro em fundo claro, ou tipo escuro em fundo escuro. Opte sempre pelo contraste. Afinal de contas, texto é para ser lido! Para impressos, o melhor é sempre letra preta no papel branco. Já para os computadores, há muita divergência de opiniões: para muitos, letra branca em fundo preto é menor pois na tela o branco é uma luz emitida, enquanto o preto é ausente (o que supostamente deveria facilitar a leitura além de não consumir tanta energia elétrica). Mas isto ainda é disputado. De qualquer maneira, contraste sempre.

Use apenas uma categoria de fonte: Se você fizer um texto todo com uma fonte serifada, utilize apenas fontes serifadas no resto do texto. Não mude no meio do caminho, pois isso pode trazer uma confusão visual ao leitor. Claro que se você quiser usar uma fonte como título de um texto e prosseguir com uma fonte diferente, manda bala. Mas…

Se for mudar de fonte, deixe óbvio a mudança; Dá pra criar um texto com título em Georgia e corpo do texto em Helvetica (serifada e sem-serifa, respectivamente). Mas deixe óbvio a mudança – use uma cor diferente, um fundo diferente, ou um tamanho de letra diferente. Além de criar um impacto visual melhor, a pessoa não fica achando que o designer errou na hora de utilizar suas fontes.
Contraste

Não se esqueça dos princípios básicos do design. Já fiz um artigo sobre isto antes.

Vídeos tipográficos

Para finalizar, confira alguns vídeos interessantes:

O que é tipografia. Vídeo em inglês bem produzido explicando rápidamente o que vêm a ser tipografia. Link do YouTube.

Escola Tipográfica. Vídeo em inglês promovendo uma escola tipográfica. Link do YouTube.

Bibliografia

  • I Love Typography
  • Wikipedia
  • Type-Culture Academic Resource
  • Gostou? Compartilhe!

    Participe da discussão!


    61 respostas para “O que é tipografia?”

    1. André disse:

      Não terminei de ler seu artigo, pois é muito grande e estou sem tempo, mais salvei no meu PC, depois eu leio com calma.

      Só quero comentar, que muita gente confunde tipográfia com tipologia.

      E adicionar, que por mais feio que o JOB, flyer ou qualquer outra coisa for, a tipográfia bem trabalhada salva.

      E Também que para fazer uma boa tipográfia deve ter estuddos aprofundados de:
      – fontes
      – cores
      – formas
      – vetores
      – dinânismo
      – distância

      E é isso aew… Abraços..

    2. Kaiserlino disse:

      Ótima explicação sobre tipografia.
      Mesmo eu tendo visto isto na faculdade, é sempre bom lembrar.
      Por acaso postei ontém o mesmo vídeo que aqui, o qual já fazia parte dos meus favoritos antes mesmo da faculdade pela qualidade da explicação dada…

      Parabéns

    3. kenya disse:

      bom,
      sou admiradora da tipografia.
      e concordo com o andré com relação ao conflito entre as duas palavras o qual você explicou no início do post.
      e no workshop do nardi, ele explica logo de início.
      mas acho que as pessoas precisam se inofrmar melhor quanto a isso.
      a tipografia sim tem sua importância no meio gráfico, assim como outros fatores…
      e muitos a acham desnecessária.
      sendo que alguns da minah faluldade optaram pra que não houvesse essa disciplina.
      o designer, mesmo não gostando de certas coisas nesse ramo precisa ter noção geral de tudo o que o envolve.
      é de suma importância.
      :)

      sean.
      pra dizer a verdade.
      amei esse teu artigo!
      interessante que acho que muitos deveriam ler sua e-zine smepre que possível.
      trata de assuntos que as vezes não temos tempo para procurar, etc.
      e leitura é essencial também.
      cã,
      beijo grande…
      novamente de parabéns ;D

    4. Será que é só isso? disse:

      O artigo é superficial e impreciso. Não esclarece o que de fato é a tipografia e quais suas implicações em um projeto de design!
      Definir a tipografia apenas como “a impressão dos tipos” me parece uma abordagem ingênua e arcaica demais.

      Ao longo de sua história, a tipografia passou por diversos meios e formas de utilização, dos quais o digital é apenas o mais recente. Mas nem por isso deixou de ser tipografia. Para que se possa entender o que é de fato a tipografia – não como um meio mas como um conceito – é importante que haja antes uma comparação com outras formas de expressão escrita – caligrafia e lettering – que na sua essência não são tipográficas,

    5. Canha disse:

      Qualquer um é bem-vindo a ajudar com artigos, querido anônimo.
      Afinal de contas, se esconder atrás do computador pra falar mal, qualquer um consegue.
      Se quiser ajudar, por favor ajude. Dou total crédito ao autor.
      Abraços.

    6. aletp.com disse:

      Tipografia…

      A tipografia (do grego typos — “forma” — e graphein — “escrita”) é a arte e o processo de criação na composição de um texto, física ou digitalmente. Assim como no design gráfico em geral, o objetivo principal da …

    7. […] em fazer um MEGA artigo sobre tipografias, mas sei valorizar um bom trabalho e descobri que já haviam falado sobre isso de forma completa e clara. A grande questão é que alguns designers tem medo de inovar, seguindo sempre a mesma cartilha […]

    8. […] não sabe o que é tipografia? Já fiz um artigo sobre isto – leitura […]

    9. Suellen disse:

      Poxa! Blog maravilhoso…
      estou no 2º semestre da faculdade e indico este blog a todos!
      maravilhoso! Continue publicando ^^

    10. Canha disse:

      Suellen,
      Muito obrigado!
      Abraços.

    11. Mithz disse:

      Vou usar alguns trechos desse texto para explicar um pouco o que é tipogafia no meu pré trabalho de conclusão de curso, apesar de ser somente um pré TCC, já será valido para pontuação em metodologia científica.

    12. Kenya disse:

      Acredito que, de acordo com as referências que pesquiso,
      a tipografia é o que você expôs no artigo, na real ela possui
      uma infinidade de definições, a gama de cultura que encontramos
      no mundo hoje reflete na variação das definições do campo tipográfico.

      Mas o que se torna indispensável independente da cultura
      é que ela consiste na representação visual da linguagem
      comunicativa e expressiva das idéias do ser humano.

      Bringhurst disse: “As letras têm vida e dignidade próprias.” (2005, p.24)

      Cada autor define de uma forma, mas sempre voltam ao mesmo ponto.

      Bom, gostaria de falar sobre a Classificação das Fontes, posso? Hehehe.
      Assim como você indicou algumas partes dos tipos, seria interessante
      indicar visualmente as guidelines (baseline, x-height, ascender line…).
      Exemplo na página 51 deste livro: http://twurl.nl/or5m2q

      Assim como você citou uma tipo de classificação de tipos, indicaria a
      classificação Vox/ATypI (junção do sistema criado por Maximiliem Vox e
      adaptado pela Association Typographique Internationale).
      A própria Wikipedia (em inglês) disponibiliza essas informações,
      são bem determinados quanto às categorias tipográficas.

      Por fim, acho que explorar talvez em um novo artigo ou neste, outros processos manuais onde obtém-se grafias exclusivas, tais como caligrafia e lettering.
      E porque não explorar também caligramas e ambigramas?
      Explorar o uso da tipografia em outros meios.
      Ia ser de muito agrado aos leitores assíduos e interessados (ou não) pela
      tipografia. :)

      Canha, desculpa ter escrito por demais.
      Mas me sinto a vontade de expor o que penso no teu blog.

      Continue crescendo sempre! Sucesso e parabéns :)

      Um abração!

    13. […] encontradas em filmes e na palavra falada sejam usadas em texto estático. (Não sabe o que é tipografia? Tenho um artigo inteiro explicando […]

    14. Design e Web disse:

      […] tipos constituem a principal ferramenta de comunicação. As faces alternativas de tipos permitem que você dê expressão ao documento, para transmitir […]

    15. leonado disse:

      Tenho algumas duvidas sobre impressão vc poderia me ajudar

    16. Vitor disse:

      Olá, bastante necessário abordar de forma geral o assunto, é uma forma bem eficaz de despertar o interece dos curiosos, contudo gostaria de obter mais informações sobre o Processo metodológico de contrução de letras, o que deve ser levado em consideração primeiro, como definir as medidas e que técncas se aplicam nesse processo…
      Estou falando de um modo bem básico, tipo: papel, lápis e régua…Alguem indica uma bibliografia!!!

      Parabéns pelo blog!

    17. Malves disse:

      "Favoritei"
      ótima postagem… mesmo tendo estudado sobre tipologia na faculdade é sempre bom poder relembrar.

    18. Claudia Buckley disse:

      Sou professora de Web do SENAC.

      Adorei seu artigo, vou mostrar para meus alunos e amigos Designers.

      Vc poderia escrever sobre o CS5 para Web? Ja assisti alguns cursos no site da Adobe, mas seria legal poder ler aqui no seu Blog algo sobre o CS5.

      Obrigado.

    19. […] Ir aos comentários A maioria dos editores e designers tem grande afeição por tipografias, tendo até mesmo algumas fontes prediletas que tornam-se frequentes em seus trabalhos. Se você […]

    20. maik disse:

      Valeu, vou fazer um concurso esse fim de semana e dei uma lida no seu artigo, esclareceu um bocadin de coisas, obrigado mano!

    21. Anônimo disse:

      […] no resto do texto. Não mude no meio do caminho, pois isso pode trazer uma confusão visual ao leitor. Claro que se você quiser usar uma fonte como título de um texto e prosseguir com uma fonte […]

    22. Bruna disse:

      Olá, achei o seu artigo bem interessante, mesmo tendo simplificado bastante o assunto, já que esse é um meio que não dá pra se escrever muito sem as pessoas se cansarem.
      Apesar de não ser tratado com tanta seriedade por aí no mundo do design, a tipografia é um dos assuntos principais quando se fala da área gráfica, já que foi nela que tudo começou.
      A tipografia(o meio de impressão) na realidade só diminuiu e não morreu, como diz aí no artigo. E ela não diminuiu por conta do computador, e sim pelos outros métodos de impressão criados no centenário passado. Afinal, não dá pra exigir concorrência de um sistema de impressão criado na primeira revolução indústrial. Mas ainda é impressionante o fato de muitos impressos, cerca de 20 ou 30 anos atrás ainda usar tipografia, uma mais evoluida, claro. Mas que, mesmo sem querer, vocês já devem ter ouvido nela, a máquina de cunhar tipos, a Linotipo, ou em inglês, Linotype. (pegou, pegou??)
      Agora a tipografia como o estudo das letras e etc só tem crescido, e o computador na verdade ajudou nisso tudo. Antes do PC, todo designer tinha que fazer toda tipografia de um serviço na mão, e sim, naquela época o designer precisava saber desenhar e ter uma letra bonita(detalhe que isso no Brasil não faz muito tempo). Já que o processo se informatizou, só precisa fazer o download da fonte perfeita e mudar as configurações no PhotoShop ou Illustrator, ou até quem sabe fazer a própria fonte como desejar. Já vi o caso de muitos desenhistas transformarem a própria letra em fonte para facilitar o trabalho.
      Mas todas as regras que nós utilizamos para cria-las(espaçamento, tamanho, pontos, etc etc etc), só foram pensadas mesmo quando um cara da Alemanha pensou que seria legal cunhar letras em chumbo e prensa-las contra o papel, criando a primeira Bíblia impressa da história.
      Dizer que está sumindo, tudo bem, já que é num nicho da área gráfica muito específico que ele está se mantendo, mas dizer que está morrendo é exagero. Ainda existem oficinas tipográficas(as gráficas) que ainda operam por que mais nenhum sistema de impressão amplamente utilizado hoje consegue as proezas de, por exemplo, imprimir um texto em uma folha de bananeira e ficar lindo e maravilhoso e sem quebrar nada da máquina. (Aí me pergunta: Quem raios iria querer um impresso em uma folha de bananeira?! E eu respondo: Existe louco pra tudo, tenho certeza que você já conheceu um.)
      Enfim, a tipografia está longe de morrer, afinal ainda escrevemos com tipos, já que a sua fonte do computador deriva delas. E não teríamos tantas fontes por aí se não fosse o nosso já conhecido criador da Apple, Steve Jobs, que gosta tanto de tipografia. ;)
      Seria bom que todos os designers (e protótipos de designers como os marketeiros) se interessassem pela tipografia também, tenho certeza que os nossos anúncios seriam mais bonitos e talvez até, mais criativos.

    23. […] achando que o designer errou na hora de utilizar suas fontes. Para ler a matéria completa clique aqui!   LikeBe the first to like this […]

    24. O link para o artigo esta off ! :P

      • kanker disse:

        Oi lá, eu gosto de ler seu post através do artigo, eu queria escrever um comentário pouco para apoiá-lo e desejar-lhe uma boa continuationAll melhor para todos os seus esforços de blogging. kanker

    25. thais disse:

      tipografia é tudo na vida de quem tem o dom da arte mae é uma xatisse de quem nao tem e tem que aprender

    26. […] Etc O que é tipografia? – http://design.blog.br/design-grafico/o-que-e-tipografia […]

    27. […] tipografia, um dos aspectos mais sofisticados do design gráfico a cada dia ganha cada vez mais adeptos por […]

    28. Thank you very much for the whole information.I agree with all the points mentioned here and noticed all your important points. I think it will help many people.I was little bit aware about it but your post gave me clear idea.
      tinnitus treatment

    29. ade disse:

      This is a great post ! it was very informative. I look forward in reading more of your work. Also, I made sure to bookmark your website so I can come back later. I enjoyed every moment of reading it.

    30. I really enjoyed the blog. For me it is really useful for me and I am sure to all the commentators here!

    31. This is a great post ! it was very informative. I look forward in reading more of your work. Also, I made sure to bookmark your website so I can come back later. I enjoyed every moment of reading it.

    32. Top 1 oli disse:

      I really enjoyed it and it made me quite curious to see what we are going to see or get on this website in the future, it's exciting for me

    33. kanker disse:

      Hey, eu só pulou para o seu site através do StumbleUpon. Não somthing eu normalmente ler, mas eu gostei do seu pensamento nenhum a menos. Obrigado por fazer algo que vale a pena ler. kanker

    34. […] máquinas off-set, evoluimos para o online e outras muitas expansões. No Design Blog, tu vai encontrar detalhes do que é tipografia e algumas maneiras de […]

    35. Press Release disse:

      Love the honest style and tons of great info on your blog – makes everyone comfortable and want to come back.

    36. olivernews disse:

      cara, quer uma aula maravilhosa sobre tipografia e design!? assistam o video do Erik Spiekermann, eu tenho uma matéria sobre ele no meu blog, o cara é um genio, tipografo, alemao, fez toda a sinalização do metro de berlin. #ficaadica http://oliverstuff.wordpress.com/2011/11/03/como-

    37. I don't know if best practices have emerged around things like that

    38. John Henry disse:

      Great stuff from you, man. Ive read your stuff before and youre just too awesome. I love what youve got here, love what youre saying and the way say it. this entertaining and still manage to keep it smart. I cant wait to read more from this site. This is really a great site

      Adira Asuransi Kendaraan Terbaik Indonesia

    39. Me acrescentou muito, pena que só agora eu pude tirar algumas dúvidas, tive uma prova de Design de Interface para Web!

    40. otimo trabalho
      n deixe os maus comentarios atrapalharem
      vlw

    41. Very useful, not to mention interesting. A much more useful approach  I hadn’t thought about it exactly like that before but can see that it would be helpful.

    42. […] o Design.blog, “Tipografia é a impressão dos tipos. Está morrendo com o computador. Tipologia é o […]

    43. I am quite interesting in this topic hope you will elaborate more on it in future posts.

    44. credit cards disse:

      Recentemente, eu não dava muita consideração para deixar as respostas nos relatórios de páginas do site e ter posicionado as respostas ainda menos. Leitura através por meio de seu artigo agradável, vai me ajudar a fazê-lo às vezes.

    45. Então é melhor compreensão da tipografia após a leitura da visita, tive muita sorte deencontrar este artigo interessante.

    46. law depot disse:

      Por favor, digite um comentário para publicar.

    47. […] Para a realização do ensaio teórico desta segunda proposta escolhi a capa do livro “O Mundo, A Europa e Portugal”, de Virgílio de Carvalho. É uma capa muito simples, com uma distribuição simplificada das letras. As opções pela tipologia de letra não são fáceis pois têm de refletir identidades e sentimentos subjacentes. “No uso da tipografia o interesse visual é realizado através da escolha adequada de fontes tipográficas, composição (ou layout) de texto, a sensibilidade para o tom do texto e a relação entre texto e os elementos gráficos na página.” (in http://design.blog.br/design-grafico/o-que-e-tipografia) […]

    48. […] “O conhecimento da tipografia é essencial aos designers.O conhecimento adequado do uso da tipografia é essencial aos designers que trabalham com diagramação, ou seja, na relação de texto e imagem.” (in http://design.blog.br/design-grafico/o-que-e-tipografia) […]

    49. […] “No uso da tipografia o interesse visual é realizado através da escolha adequada de fontes tipográficas, composição (ou layout) de texto, a sensibilidade para o tom do texto e a relação entre texto e os elementos gráficos na página. ” (in: http://design.blog.br/design-grafico/o-que-e-tipografia) […]

    50. tipografia é tudo na vida de quem tem o dom da arte mae é uma xatisse de quem nao tem e tem que aprender

    51. Guilherme disse:

      Tipologia não é o estudo da formação dos tipos.
      Tipologia é o estudo dos tipos (tipo – de tipificação, modelos). Ex.: A tipologia das cadeiras – estudo dos tipos de cadeiras existentes.

      Aplicada a tipografia – Tipologia dos Tipos.

    52. […] Ex: Globo.com, design.blog.br, tableless inclusive tem um ótimo artigo falando sobre “Tipografia” no desing.blog que indico a todos a se aprofundar no […]

    53. therabbit disse:

      q definição errada de tipografia e tipologia, vixe…
      Assim vc só faz disseminar o uso errado dessas palavras, como já vi em muito manual de identidade visual por aí a troca dessas palavras.
      Procure se informar melhor antes de escrever sobre.

    54. Mariely disse:

      Salvando meu trabalho 1h da manhã . Obrigada,

    55. Maicon Ventura disse:

      Gostei do texto, muito bem elaborado e rico em informações. Parabéns, irmão.

    56. […] Ex: Globo.com, design.blog.br, tableless inclusive tem um ótimo artigo falando sobre “Tipografia” no desing.blog que indico a todos a se aprofundar no […]

    57. ptr disse:

      q definição errada de tipografia e tipologia, vixe…
      Assim vc só faz disseminar o uso errado dessas palavras, como já vi em muito manual de identidade visual por aí a troca dessas palavras. http://www.petaruh.com

    Deixe uma resposta