Embora a imagem abaixo minta um pouco (o logo da Coca-Cola era ligeiramente diferente no início), ela dá idéia de como um branding mais persistente ajuda a dar uma imagem mais estável a uma empresa.

pepsi-vs-coke

Existem dois outros erros que esta imagem mostra: Cópia do líder do segmento e temporalidade de uma marca.

No início, a Pepsi tentou imitar a Coca-Cola até no logo. Óbviamente, não é uma estratégia boa para se diferenciar do líder do mercado. Talvez foi cópia, talvez foi excesso de inspiração. De qualquer jeito, ficou muito igual.

E tem o problema da temporalidade. Em 1950, a Pepsi usou uma tampinha como seu símbolo. Hoje em dia, as empresas de refrigerante não vendem tantas garrafas de vidro como antigamente. Virou um ícone antigo. Ou seja, objetos que podem se tornar obsoletos vão forçar um redesign da marca em pouco tempo.

Fica as dicas então: Seja consistente durante os anos, não imite e procure ser atemporal.

Fonte: Designer-Daily (dica da Claudia via Twitter)

Gostou? Compartilhe!

Comentários fechados