Recebo vários pedidos por e-mail de designers querendo que eu avalie o logo deles. Raros são os que enviam um briefing para poder analisar (afinal de contas, posso achar que um logo é ruim, mas se couber na proposta tá valendo!). Mas a grande maioria esquece de seguir cinco dicas básicas para criar um logo eficaz. Vamos falar sobre elas.

O designer Jacob Cass publicou um artigo em 2009 que até hoje levo como referência para criar um bom logo. Abaixo, vou adaptar o texto original dele.

Um logo eficiente é (em nenhuma ordem específica):

  • Simples
  • Memorável
  • Atemporal
  • Versátil
  • Adequado

1. Simples

Um logo simples é facilmente reconhecível, e a simplicidade faz com que ele seja versátil e memorável. Um bom logo possui algo único.

Logos com muitos detalhes tendem a ser esquecidos facilmente. Pense no seu logo como se fosse um mapa: é difícil memorizar o mapa de uma cidade inteira, mas memorizar as ruas em volta de um ponto específico é mais fácil.

Um logo simples também é reconhecido quando você está dirigindo e vê um outdoor rapidamente, quando está andando pelo supermercado e vê o produto na prateleira entre centenas de outros competidores, quando um carro ou caminhão com o logo passa rapidamente por você, etc.

Além disto tudo, o logo simpes ainda tem a vantagem de ser mais fácil de memorizar do que um número de telefone ou endereço de e-mail.

Nike

2. Memorável

Esse princípio segue de perto o da simplicidade. Se o logo for simples e adequado ao que representa, ele será memorável.

Um teste para saber se o seu logo é memorável, é mostrar a algum amigo. Mostre por 5 segundos. Algumas horas mais tarde, peça para o amigo descrever o logo (ou até rascunhar). Se chegar perto o suficiente, perfeito. Caso detalhes essenciais sejam esquecidos, está na hora de voltar ao início do desenvolvimento.

Marlboro

3. Atemporal

O logo eficaz deve ser atemporal – ou seja, ele deve durar muito tempo. O logo ainda será eficaz em 10, 20 ou 50 anos?

Deixe que a indústria da moda se preocupe com tendências, pois elas vêm em vão. No design de logos, longevidade é a solução. Afinal de contas, você não muda o seu nome a cada 5 anos, por que uma empresa iria mudar a cara dela frequentemente?

Um bom exemplo disto é o logo da Coca Cola que, comparado com a Pepsi, mudou pouco do seu logo desde que foi criado.

4. Versátil

Um bom logo deve ser aplicável a uma variedade de meios e deve ser funcional. É por isto que é sempre recomendado que o logo seja criado em formato vetorizado (ou seja, nada de Photoshop!), permitindo que seja redimensionado a qualuqer tamanho.

Pra testar se o seu logo é versátil, basta perguntar se o seu logo pode, sem perder a legibilidade, ser:

  • impresso em uma cor
  • impresso em algo do tamanho de um selo postal
  • impresso em um outdoor gigantesco
  • impresso em cores invertidas (ex: branco em fundo preto)

Muitos designers recomendam criar um logo apenas em preto e branco primeiro. Assim, você pode se focar no conceito e na forma. Outra coisa que você deve se lembrar é que, quanto mais cores em um logo, mais caro será para a empresa imprimir ela.

5. Adequado

O logo precisa ser sempre adequado ao propósito dele. Ou seja, se você está criando algo para uma loja de crianças, seria adequado usar uma fonte infantil e cores mais alegres. Este mesmo esquema já não seria apropriado para um escritório de advocacia.

Vale lembrar que o logo não precisa ter o que a empresa faz. Uma montadora de carros não precisa ter um carro no logo, vendedora de computadores não precisa ter um computador. Um logo serve apenas como identificação. Veja por exemplo os 50 logos mais populares do mundo – 94% não descrevem o que a empresa faz.

Paul Rand dá uma visão interessante sobre este tópico:

Um logo precisa ser auto-explicativo? É apenas através da associação com um produto, serviço, negócio ou corporação que um logo possui algum significado. Um logotipo deriva seu significado e utilidade da qualidade daquilo que ela simboliza. Se uma empresa é de baixa qualidade, o logo eventualmente será percebido como algo de baixa qualidade. É imprudente acreditar que um logo terá um resultado imediato, antes que um público alvo seja efetivamente criado.

Espero que, com estas dicas, vocês possam criar logos mais eficazes!

Adaptado de: Just Creative Design
Gostou? Compartilhe!

Participe da discussão!


24 Responses to “5 dicas para criar um logo eficaz”

  1. crevilaro disse:

    Muito bom, esperamos que os clientes compreendam esses argumentos. Creio que isto esteja ocorrendo pois o brasileiro está se atentando a praticidade e a eficacia que o design deve ter. E os profissionais precisam sempre lembrar dessas informações. ótimo artigo!
    http://www.andrecrevilaro.com.br
    @crevilaro

  2. maick disse:

    gostei d+. umas das coisas q mais gosto de fazer é criar logo no coreldraw..valeu as dicas.

  3. yohaverrone disse:

    muitooo bom, perfeito! Isso mesmo, post ótimo! bons exemplos gostei!

  4. Eduardo disse:

    Ótimas dicas para criar logos, não havia pensado por este lado, para mim a logo tinha que representar o que a empresa faz de melhor. Obrigado pelas dicas. Vou rever meus conceitos.

  5. Dreu disse:

    Bom de mais da conta !

  6. Muito bom, parábens

  7. […] Design.Blog | www.design.blog.br Postado por Fernando F. Silva Newsletter Gráfica Mais | www.graficamais.com.br Rua Adônis, 67 […]

  8. Interessante mesmo. Logo simples sem elementos desnecessários.

  9. Pena que muitos brasileiros tem mente fechada e pequena quanto ao próprio negócio, a própria empresa. A maioria não quer gastar, e não quer algo como a Coca-Cola, Nike. Quer só para ter. Só isso. É embaçado.

  10. Wander Junior disse:

    O trabalho de marcas tem um processo de branding onde muitos fatores como estes citados são importantes na hora de elaborar um projeto de sucesso!

  11. Muito tenho acompanhado a evolução de várias dessas logos talvez até sem perceber, agora que cursando estou vejo mais claramente os seus significados!

  12. Leomar-tj disse:

    Muiito Bom Cara Estou começando agora e sempre busco dicas Novas Muito Bom quem Poder Me ajudar mas um pouco ai ó leomar-tj2@hotmail.com obg FELIZ NATAL !

  13. Thiago artemania disse:

    Muito bom mesmo cara . ajudou a abrir meus, ultimamente meus logos estavam muito cheio de cores, e tava dando ruim p. caramba na identificação empresarial.

  14. floriano rubens disse:

    massa paca

  15. Hildo Antônio disse:

    Muito bom o artigo, de excelente qualidade. Quando você você vai criar um logo novo que tipo de briefing você usa?

  16. Ruslan disse:

     excelente o artigo . =)

  17. Janailson Leite disse:

    Artigo nota 10. 5 dicas que valem ouro, essas!

  18. Empreguety disse:

    Ai amor! Só basta nascer e colocar uma saia que vira essa bichona ai… Fala pra ele como funciona CAnha…kkkkkkkkkkk

  19. lukasmotta disse:

    ótimas dicass, parabéns pelo post e pelo bolg…

  20. Barros Blm disse:

    Simples, adequado e eficaz. Tal como uma logo de ser. Parabéns pela iniciativa

  21. [t]halytas disse:

    Parabéns você conseguiu resumir tudo em 5 dicas completas!
    Valeu!!!
    E muito sucesso para você…

  22. . disse:

    Muito bom, fica até mais facil para apresentar argumentos para o cliente.

Deixe uma resposta